Padre mantinha até hotel de luxo no padre zé

Comissão de vereadores da Câmara de João Pessoa visitou, nessa quarta-feira (6), o Hospital Padre Zé, que passa por grave crise financeira após desvios de recursos feitos pelo diretor anterior da unidade, o padre Egídio de Carvalho, que está preso. No local, os vereadores constataram um hotel de luxo, inaugurado há quase dois anos, que não teve serventia para o hospital.

Em entrevista ao programa Arapuan Verdade, da Arapuan FM, o vereador Coronel Sobreira falou que a reunião foi organizada pelo presidente da Câmara, Dinho Dowsley, após visita do atual gestor do hospital, o padre George Batista, à Câmara.

“É um hotel em ótimas condições. São três andares, cada andar com sete leitos, que infelizmente ainda não teve serventia para o hospital. Há quase dois anos ele foi inaugurado. As investigações vão ver o porque ele ainda não teve utilidade para o hospital

O vereador argumentou que há entendimento entre os parlamentares da Câmara de que o Padre Zé precisa de emendas para garantir o funcionamento em 2024. Por conta disso, os vereadores já estão definindo valores para encaminhar ao hospital.

“Pudemos conhecer in loco as dificuldades do hospital. Certamente, eles (vereadores) vão colocar emendas ali. Particularmente já separei valores para destinar e estamos aguardando a definição de quanto teremos em emendas.